SMetal

Imprensa

SMetal nas fábricas

Jornada, dias-pontes e salários atrasados são temas de assembleias

Quinta-feira, 15 de Março de 2018 - 10:58 - Atualizado em 16/03/2018 17:16
Imprensa SMetal

sidor, assembleia, Foguinho/Imprensa SMetal
Na Sidor, a assembleia aconteceu no dia 7 de março; recado dos trabalhadores foi que, se a empresa atrasar novamente os salários, haverá greveFoguinho/Imprensa SMetal
Tendo a assembleia como órgão máximo de decisão, os dirigentes do SMetal estiveram na última semana em diversas fábricas para informar os trabalhadores de oito empresas, sobre as negociações por direitos e para colocar em votação propostas que vão de convênio médico à jornada de trabalho.

Na Coesa, fábrica de Pilar do Sul, o SMetal fez uma assembleia de protesto com os trabalhadores, no dia 6, contra os salários atrasados que a empresa deve, além do 13º e do depósito de FGTS.

No dia 7, os trabalhadores da Hurth Infer, em Sorocaba, aprovaram a proposta de calendário de folgas em feriados prolongados de 2018.

No mesmo dia, os dirig

condex, Foguinho/Imprensa SMetal
Assembleia na CondexFoguinho/Imprensa SMetal
entes do SMetal conversaram com os metalúrgicos da Condex sobre as negociações travadas com a empresa a respeito da grade salarial e do convênio médico.  Os trabalhadores deram um prazo até o dia 31 deste mês para a empresa apresentar proposta.

 

 

Na Sidor o recado dos trabalhadores é o mesmo, que se a empresa atrasar novamente os salários haverá greve. A assembleia ocorreu no dia 7.

Nesta terça-feira, 13, os trabalhadores da recém-inaugurada Nal do Brasil aprovaram o calendário dias-pontes deste ano.

Em todas as assembleias, conduzidas pelos diretores do SMetal, os trabalhadores também foram alertados sobre a importância de se denunciar situações irregulares nas fábricas para evitar acidentes de trabalho.

Deixe seu Recado