SMetal

Imprensa

Saúde

Johnson Controls tem novo protesto contra acidentes de trabalho

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017 - 10:23
Imprensa SMetal

, Imprensa SMetal
Houve cinco acidentes de trabalho em seis meses na Johnson; trabalhadores protestaram.Imprensa SMetal
Durante assembleias da Campanha Salarial realizadas na Johnson Controls, a diretoria do SMetal aproveitou para promover paralisação de uma hora em protesto aos acidentes de trabalho na fábrica. As paralisações acontecerem na terça, dia 5, e segunda-feira, 11, em todos os turnos da empresa.

No dia 3 de setembro, mais um trabalhador sofreu acidente e perdeu a ponta de um dedo esquerdo. Com esse registro, nos últimos seis meses, ocorreram cinco acidentes, sendo que em um deles o metalúrgico teve um dedo amputado.

De acordo com o diretor executivo do SMetal, Antonio Welber Filho (Bizu), em junho foi aprovado pelos metalúrgicos da Johnson que, para cada acidente ocorrido por condições inseguras, as atividades produtivas seriam paradas por uma hora.

Reforma Trabalhista

A imprensa SMetal procurou então o médico do trabalho, Paulo Kaufmann, para saber se a Reforma Trabalhista afeta os procedimentos em casos de acidentes/doença ocupacional.

Enfático, ele afirmou: “afeta sob vários aspectos, entre outros a terceirização. As mudanças na forma de contratação, na determinação de horários flexíveis e entre outras, deverão causar prejuízos à qualidade de vida do trabalhador”.

Deixe seu Recado