SMetal

Imprensa

Falta 1 mês

INPC está acumulado em 3,16% desde a última data-base

Quinta-feira, 08 de Agosto de 2019 - 14:42
Imprensa SMetal

inpc, sindicato, smetal, inflação, , Divulgação
O INPC se refere às famílias com rendimento de 1 a 5 salários mínimos e é utilizado para nortear as negociações da Campanha Salarial dos sindicatos da base da FEM-CUTDivulgação
Faltando apenas um mês para a data-base dos Metalúrgicos da CUT no Estado de São Paulo (1º de setembro), a inflação acumulada desde setembro de 2018 está em 3,16%. No mesmo período do ano passado, o total acumulado estava em 3,64%.

Divulgado nesta quinta-feira, dia 8, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC/IBGE) do mês de julho registrou aumento de 0,1%. De acordo com o IBGE, os produtos alimentícios tiveram queda de 0,05% no mês e o agrupamento dos não alimentícios ficou com variação de 0,17%.

O INPC se refere às famílias com rendimento de 1 a 5 salários mínimos e é utilizado para nortear as negociações da Campanha Salarial dos sindicatos da base da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM/CUT).

Mesas de negociação

Nesta semana, a FEM/CUT deu início às negociações da Campanha Salarial 2019. As primeiras reuniões aconteceram com os sindicatos patronais da Estamparia, G8.3 e Grupo 3. A pauta de reivindicações foi entregue aos patrões no dia 4 de julho.

Este ano alguns grupos terão a discussão somente econômica, a pauta parcial, já que têm a CCT garantida por dois anos. São eles: G2, G3, Sindratar, Sindicel e Fundição. No G8.2, G8.3 e Estamparia será negociada a pauta cheia, com as cláusulas econômicas e sociais.

Os eixos da Campanha Salarial 2019 são: reposição integral da inflação mais aumento real; manutenção e a aplicação das Convenções Coletivas; respeito às entidades Sindicais; contra o fim das NRs (Normas Regulamentadoras) e redução da jornada de trabalho sem redução de salário.

A FEM-CUT/FEM representa cerca de 190 mil metalúrgicos na base formada por 56 municípios, inclusive o Sindicato de Sorocaba.

Deixe seu Recado