SMetal

Imprensa

Protestos

Indignação pelo assassinato de Marielle provoca protestos pelo Brasil

Quinta-feira, 15 de Março de 2018 - 11:05 - Atualizado em 15/03/2018 11:21
Imprensa SMetal

luta, marielle, franco, rio de janeiro, atos, protestos, Divulgação
Marielle havia denunciado a truculência dos militares no Rio de Janeiro, poucos dias antes de sua morteDivulgação
A vereadora do PSol Marielle Franco, 38 anos, e seu motorista Anderson Gomes foram assassinados nessa quarta-feira, 14, no centro do Rio de Janeiro. A polícia carioca ainda não apresentou nenhuma pista sobre os responsáveis e mandantes do crime.

Marielle nasceu e cresceu no complexo da Maré, tem um filho de 19 anos, se interessou pela política e foi eleita vereadora com mais de 40 mil votos.

A jovem denunciava e acompanhava os casos de violência contra a juventude negra e favelada. A guerreira acabara de entrar para a Comissão que investigava a intervenção militar nas favelas do Rio e poucos dias antes de ser assassinada, ela denunciou a ação truculenta da polícia militar que assassinou jovens das periferias do Rio de Janeiro.

Repercussão

Atos em todo o Brasil serão feitos nesta quinta-feira, 15, transformando o luto em luta. Em São Paulo, será realizado às 17h, no vão livre do MASP (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista.

Em Sorocaba, o protesto contra a violência policial e contra o feminicídio será às 16h, na Boulevard Braguinha, no centro da cidade.

Jornais de todo o mundo noticiaram o crime que tirou a vida de mais uma mulher.

Deixe seu Recado