SMetal

Imprensa

Cultura

Folia de Reis termina o ciclo natalino e homenageia Maria Mineira

Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017 - 18:04 - Atualizado em 26/01/2017 07:32
Imprensa SMetal

,
Em sua vigésima oitava jornada, a Companhia de Santos Reis da Vila Formosa encerrou o ciclo natalino no dia 7 de janeiro e cantou em homenagem à Maria Cândida da Fonseca, 62, conhecida como Maria Mineira, que era integrante do grupo e faleceu em 2015.

Composta por 15 integrantes que se dividem entre músicos, cantores, palhaços e bandeireiros, a partir de outubro a Companhia caminha por vários bairros de Sorocaba visitando casas de famílias católicas.

Este ano, antes do encerramento final, que acontece no Jardim Abaeté todo dia 7 de janeiro, a penúltima visita foi na casa do José Pedro da Fonseca, 70, viúvo de Maria. Segundo ele, cerca de 60 pessoas cantaram e visitaram o presépio que ele montou na garagem de sua casa em memória à sua falecida companheira, que participou da Companhia por mais de 25 anos.

"Eu demorei três dias para fazer o presépio. Fiz tudo pensando nela! Em todos esses dias eu sentia a presença dela ao meu lado, parecia que ela estava me ajudando a fazer as decorações. No dia da visita nós cantamos e oramos em sua memória, foi muito lindo e emocionante, tenho certeza que realizei o sonho dela, que era dar continuidade em nossas atividades", explica.

Com os olhos cheios d'água, José se emociona em falar dos anos em que passou ao lado da esposa na Companhia.

"Eu tocava violão, ainda toco, e minha esposa cantava. Ela fazia a "talinha" (segunda voz). Quando chegava o mês de outubro eu e ela já começávamos a montar o presépio, e logo nós iniciávamos a jornada pela cidade.

Tenho muita saudade dessa época", lamenta. José foi casado com Maria durante 53 anos e jutos tiveram seis filhos, um homem e cinco mulheres.

No dia 7 de janeiro deste ano completou um ano e um mês que sua esposa faleceu. Mesmo após o falecimento, José continua na Companhia de Santos Reis, pois, segundo ele, ambos prometeram que permaneceriam no grupo até o fim de suas vidas.


O grupo

A Folia de Santos Reis da Vila Formosa começou, na verdade, no Estado do Paraná. Foi lá que José Copi deu início à jornada da sua bandeira nos anos 60. Recém-chegado em Sorocaba, no final dos anos 80, Copi se encontrou com antigos reiseros vindos também do Paraná e de Minas. Em 1989 eles resolveram desenrolar a bandeira que representava a folia de Copi, no Paraná, e recomeçaram a andança.

Segundo a fé cristã-católica, a Folia de Reis representa a andança que os três Reis Magos, Gaspar, Baltazar e Belchior, para visitar o Menino Jesus. Avisados em sonho do nascimento de Jesus e guiados por uma estrela, os três reis partiram, cada qual do seu reinado, com destino a Belém, onde havia nascido o Messias.

 

,
Imagem

José Pedro da Fonseca, o Zé Mineiro, recebeu a homenagem à sua mulher, integrante do grupo de Folia de Reis durante 25 anos, falecida em 2015  (Foto: Vagner Santos/Imprensa SMetal)

Deixe seu Recado