SMetal

Imprensa

Esporte

Filho de metalúrgico se destaca em campeonatos de jiu-jitsu

Filipe, de 9 anos, começou a treinar em 2014 e já acumula prêmios em várias competições; desafio para 2020 é repetir a trajetória e ser campeão brasileiro, a única disputa que ele não ganhou em 2019

Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2019 - 14:11 - Atualizado em 02/01/2020 15:34
Imprensa SMetal

Jiu Jitso Sorocaba Dana , Divulgação
Só em 2019, Filipe disputou 13 campeonatos e foi campeão 12 vezes; no Campeonato Brasileiro ficou em 3º Divulgação
O pequeno Filipe Gabriel Pereira Pinto tem só nove anos, mas já pode se orgulhar do seus feitos. Desde que começou a treinar e disputar campeonatos de jiu-jitsu, tem acumulado vitórias e prêmios, para orgulho do pai, o metalúrgico Elias Pereira Pinto, funcionário da Dana Indústrias e sócio do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região.

De acordo com Elias, que é faixa marrom de jiu-jitsu, o filho começou a treinar em 2014 por incentivo dele. “E desde então, o Filipe pegou gosto e começou a dedicar mais e mais”. Um ano depois de iniciar no esporte, o menino começou as competições.

Desde 2015, já ganhou campeonatos como Paulista, Sul-americano, Federação de Abu Dhabi, Copa Bandeirantes, Mundial CBJJE, além de campeonatos em várias cidades da região de Sorocaba e em municípios como São Bernardo dos Campos e Guarulhos. “Só esse ano ele participou de 13 campeonatos e foi campeão 12 vezes. E ainda tirou um terceiro lugar no Campeonato Brasileiro”.

Planos

Dana Jiu Jitsu, Divulgação
Sonho de Filipe é lutar na Califórnia até 2021Divulgação

E é só o começo. Filipe quer chegar ainda mais longe. “O sonho dele é lutar na Califórnia até 2021”, conta o pai. Enquanto isso, em 2020, o plano é repetir as atuações desse ano e ser campeão brasileiro, a única disputa que ele não ganhou em 2019.

Filipe treina atualmente na academia Almeida JJ, com o professor Antoni N. Barnabé, e a família tem sido responsável por patrocinar o garoto. “As despesas são todas por nossa conta, muitas vezes não conseguimos mandar ele para mais campeonatos devido a falta de recursos”, comenta Elias. Ele completa que tem contado com apoios, como da torcida independente, que doou um quimono e pagou inscrição em dois campeonatos (sul-americano e paulista).

Rede social

Dana, Divulgação
Filipe treina na academia Almeida JJ, com o professor Antoni N. Barnabé, e busca por patrocínioDivulgação
Para continuar a carreira esportiva, Elias tem buscado patrocínio para o filho. “Ele tem um instagram, que vem aumento o número de seguidores. Assim, poderemos dar visibilidade para um patrocinador”.

Quem tiver interesse em conhecer o pequeno Filipe pode seguir o perfil no instagram @filipegabrielpereirapinto. Contatos para patrocínio também podem ser feitos pelo perfil na rede social.

Deixe seu Recado