SMetal

Imprensa

Organização sindical

FEM sedia Seminário Internacional da CUT/SP e CGIL-Itália nos dias 8 e 9

Presidente da Federação, Luizão, falará na segunda (8) sobre a relação das empresas multinacionais de São Paulo com Lombardia

Quarta-feira, 03 de Junho de 2015 - Atualizado em 27/12/2016 13:55
FEM-CUT/SP

,
Participarão representantes dos ramos metalúrgico, químico, serviços públicos, educação, saúde e financeiro; e membros da Executiva da CUT Nacional
A Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP) sediará nos próximos dias, 8 e 9 de junho, o Seminário Internacional "Relações das Centrais Sindicais com os Governos Estaduais/Municipais". O evento é promovido pela CUT/SP em parceria com a CGIL (Confederação Geral Italiana do Trabalho).

Participarão representantes dos ramos metalúrgico, químico, serviços públicos, educação, saúde e financeiro; e membros da Executiva da CUT Nacional.

O presidente da FEM-CUT/SP, o metalúrgico na Volkswagen em São Bernardo, Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, ministrará palestra no primeiro dia (8), à tarde, sobre a produção, importação e a exportação de empresas multinacionais de São Paulo e Lombardia. "O Estado de São Paulo é um dos mais industrializados do País. Esta troca de informações e experiências nos trará subsídios importantes para utilizarmos no enfrentamento do dia a dia".

Luizão também destaca a importância do laço de solidariedade da classe trabalhadora entre os dois países. "É o primeiro passo em nível mundial", frisa.

O presidente da CUT/SP, o metalúrgico na Mercedes-Benz, Adi dos Santos Lima, completa ao afirmar que é fundamental aprofundar o conhecimento sobre a realidade dos dois países e as lutas dos trabalhadores. "Precisamos globalizar as ideias entre os trabalhadores do Brasil e da Itália, porque os governos e os patrões já fazem isso há muito tempo", frisa.

Cooperação técnica

O seminário faz parte do termo de cooperação técnica, firmado em setembro de 2012 entre a CUT e a CGIL, cujo objetivo principal é fortalecer os laços históricos de solidariedade entre os trabalhadores (as) brasileiros e italianos e suas organizações sindicais.

As afinidades entre as regiões e as centrais envolvidas no intercâmbio são grandes. A Lombardia, cuja capital é a província de Milão, é a mais populosa e industrializada da Itália. Já a CGIL é a mais antiga organização sindical italiana e a mais representativa, com cerca de seis milhões de integrantes, entre trabalhadores, aposentados e jovens recém-chegados ao mundo do trabalho.

Serviço

Seminário Internacional "Relações das Centrais Sindicais com os Governos Estaduais/Municipais" da CUT/SP e CGIL
Data: 8 e 9 de junho (segunda e terça-feira)
Local: FEM-CUT/SP
Endereço: Avenida Antártico, 480, Jardim do Mar, São Bernardo do Campo

Programação

08/06 - Segunda-feira
9h30 - Mesa 1 - Abertura
Adi dos Santos Lima - presidente da CUT/SP
Ellena Lattuada - Secretária Geral da CGIL Lombardia
Giovanni Zampariolo - Responsável das Relações Internacionais da CGIL Milão

10h00: Mesa 2 (plenária):
"Apresentação da política de promoção de direitos e assistência aos trabalhadores e trabalhadoras migrantes no Brasil e na Itália"
Rogério Sottili - Secretário Adjunto Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo
Rogério Giannini - Secretário de Relações do Trabalho da CUT/SP
Fábio Ghelfi - Responsável das Relações Internacionais da CGIL Lombardia
Coordenação: Telma Victor - Secretária de Formação da CUT/SP

11h30: Café
11h50: Debates
13h00: Almoço

14h30: Mesa 3 (Plenária)
"Exposição da produção, importação e exportação de empresas multinacionais de São Paulo e Lombardia"
Luiz Carlos da Silva Dias - Presidente da FEM-CUT/SP (metalúrgicos)
Eugenio Borella - Secretário-Geral da FIOM CGIL Bergamo (metalúrgicos)
Nilson Mendes da Silva - Coordenador de Administração e Finanças da FETQUIM (químicos)
Mário Principe - Secretário FILCTEN CGIL Milão (químicos)
CUT - Ramo Financeiro (a definir)
Luca Natali - Secretário da FISAC CGIL Milão (financeiro)
Debates
Coordenação: Adriana Magalhães - Secretária de Comunicação e Imprensa da CUT/SP

16h00: Café

16h20: Debates

18h00: Conclusão dos trabalhos

09/06 - Terça-feira

09h30: Mesa 4 (plenária)

"Relação das Centrais com o Governo Municipal e Regional/Estado de S.Paulo e de Lombardia e Milão"

Paula Leite - Presidente da FETAM
Douglas Izzo - Vice-Presidente da CUT/SP
Gervásio Foganholi - Presidente do SINDSAÚDE
Giovanni Zampariolo - Responsável das Relações Internacionais da CGIL Milão
Florindo Oliverio - Secretário-Geral FPCGIL Lombardia
Debates
Coordenação: Renato Zulato - Secretário de Administração e Finanças da CUT/SP

11h00: Café

11h20: Debates

13h00: Almoço

14h30: Mesa 5 (plenária)
"Estratégias sindicais para influenciar as decisões políticas do Governo Municipal e Regional/Estado de São Paulo e de Lombardia e Milão"
Maria Izabel Azevedo Noronha (Bebel) - Presidenta da APEOESP
Sergio Ricardo Antiqueira - Presidente do Sindsep
Sebastião Geraldo Cardozo - Secretário-Geral da CUT/SP
Antino De Col - Secretário FP CGIL Milão (serviços públicos)
Emanuela Vanoli - Secretária FP CGIL Lombardia (saúde)
Tobia Sertori - Secretário FLC CGIL Lombardia (educação)
Debates
Coordenação: Sonia Auxiliadora - Secretária de Mulheres da CUT/SP CUT/SP

16:00: Café

16:20: Debates

18:00: Conclusão dos trabalhos

10/06 - Quarta-Feira

Visita a sindicatos e ramos
09h30: Metalúrgicos do ABC
11h30: APEOESP
12h30: SINDSEP

13h00: Almoço
14h45: Bancários de São Paulo
16h00: CUT/SP
18h00: Conclusão dos trabalhos

Deixe seu Recado