SMetal

Imprensa

Campanha Salarial

FEM e SMetal assinam Convenção Coletiva com sete grupos patronais

Quarta-feira, 30 de Outubro de 2019 - 14:08 - Atualizado em 01/11/2019 11:02
Imprensa SMetal

fem, assinatura, convenção, coletiva, campanha, cct, smetal, Foguinho/Imprensa SMetal
Em SBC: O presidente da FEM/CUT Luiz Carlos Dias, e o presidente do SMetal, Leandro Soares, assinaram as convenções coletivas nesta terça-feira, 29, no prédio da FederaçãoFoguinho/Imprensa SMetal
A Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM/CUT-SP) e sindicatos filiados assinaram nesta terça-feira, dia 29, as Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs) com as bancadas patronais do G2, G3, G8.2, G8.3, Fundição, Sindicel e Sindratar.

Até o momento, 93% dos trabalhadores da categoria na base do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) já estão contemplados com acordos da Campanha Salarial 2019.

A proposta aprovada no G2, G3, G8.2, G8.3, Fundição, Sindicel e Sindratar foi de 3,80% de reajuste salarial (3,28% da inflação da data-base mais 0,5% de aumento real), retroativo ao mês de setembro, e renovação das cláusulas sociais da Convenção Coletiva.

luizão, fem, cut, cct, convenção, assinatura,, Foguinho/Imprensa SMetal
Assinatura da Convenção Coletiva com a bancada patronal do Grupo 8.2Foguinho/Imprensa SMetal
“Depois de um processo de negociação tão intenso e difícil, ficamos contentes em poder dar essa notícia aos trabalhadores e trabalhadoras da categoria. Além da valorização salarial, com aumento real, a renovação da Convenção Coletiva é muito importante, pois protege o metalúrgico no seu local de trabalho em meio aos diversos ataques aos direitos trabalhistas”, afirma o presidente do SMetal, Leandro Soares.

Agora, segundo Soares, o papel do Sindicato é o de continuar fiscalizando o cumprimento da Convenção Coletiva nas fábricas da categoria e de buscar acordos nas empresas do Grupo 10 e Estamparia, que ainda não fecharam a Campanha Salarial.

Negociações com o G10

No Grupo 10 - que é formado predominantemente por pequenas e micro empresas e não assina Convenção Coletiva de Trabalho há mais de três anos - o Sindicato tem negociado por fábrica e já possui 67 acordos firmados.

Esses acordos abrangem mais de 450 trabalhadores de Sorocaba e região que estão contemplados com reajuste salarial e manutenção de direitos.

Porém, devido ao grande número de micro e pequenas empresas na categoria, a direção do Sindicato pede que os trabalhadores denunciem caso a empresa na qual trabalham ainda não tenha fechado a Campanha Salarial.

As denúncias podem ser feitas pelo Portal SMetal, no campo “Denuncie”, ou pelos telefones (15) 3334-5404 e (15) 3334-5445.

Saiba mais:

Todas as Convenções Coletivas de Trabalho assinadas pela FEM/CUT e pelo Sindicato já estão disponibilizadas no Portal SMetal. Acesse aqui.

Deixe seu Recado