SMetal

Imprensa

Reajuste e Convenção

Estado de SP: Campanha Salarial beneficia mais de 138 mil metalúrgicos

Em Sorocaba, o reajuste nos salários dos trabalhadores representados pelo SMetal pode injetar R$ 5,5 milhões por mês na economia local e regional, chegando a até R$ 73,6 milhões em um ano.

Quinta-feira, 07 de Novembro de 2019 - 10:44 - Atualizado em 08/11/2019 18:11
Imprensa SMetal

cct, assinatura, convenção, fem, campanha, salarial, reajuste,, Foguinho/Imprensa SMetal
A FEM e o SMetal assinaram as Convenções Coletivas no último dia 29 com as bancadas patronais do G2, G3, G8.2, G8.3, Fundição, Sindicel e Sindratar.Foguinho/Imprensa SMetal
O impacto do reajuste salarial devido às negociações da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo (FEM/CUT) e dos sindicatos filiados foi de R$ 286.811.938,38, beneficiando, no total, 138.107 trabalhadores em 51 municípios. Os dados foram compilados pelo Dieese FEM/CUT.

A Federação e os sindicatos filiados, como o SMetal, assinaram as Convenções Coletivas no dia 29 de outubro, em São Paulo, com as bancadas patronais do G2, G3, G8.2, G8.3, Fundição, Sindicel e Sindratar.

A proposta aprovada nesses grupos patronais foi de 3,80% de reajuste salarial (3,28% da inflação da data-base mais 0,5% de aumento real), retroativo ao mês de setembro, e renovação das cláusulas sociais da Convenção Coletiva.

Em Sorocaba, o reajuste nos salários dos trabalhadores representados pelo SMetal pode injetar R$ 5,5 milhões por mês na economia local e regional, chegando a até R$ 73,6 milhões em um ano. Atualmente, cerca de 36 mil metalúrgicos fazem parte da base do Sindicato.

O presidente do SMetal, Leandro Soares, destaca que o reajuste salarial é muito importante, mas não menos importante é assegurar as cláusulas sociais, porque são elas que mantém ou ampliam os direitos, como licença-maternidade, adicionais, estabilidade, entre outros itens.

Deixe seu Recado