SMetal

Imprensa

Formação

Encontro de metalúrgicos da CUT de SP e AM debate propostas de formação sindical

Quinta-feira, 24 de Março de 2016 - 12:01 - Atualizado em 27/12/2016 14:36
CNM/CUT

,
Encontro reuniu dirigentes de São Paulo e do Amazonas
Foi realizado nesta terça-feira (22) encontro dos secretários de Formação dos sindicatos de metalúrgicos da CUT de São Paulo e do Amazonas.

A atividade foi promovida pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), em parceria com a Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT/SP (FEM-CUT/SP) e aconteceu na sede conjunta das duas entidades, em São Bernardo do Campo (SP). Representante da Escola Sindical da CUT/SP também participou.

Além da troca de experiências sobre as ações dos sindicatos de base voltadas para a área, o encontro debateu o papel das entidades para contribuir e otimizar os processos de formação na categoria.

"A realização dos encontros regionais foi definida pelo Coletivo Nacional de Formação dos Metalúrgicos da CUT. Este é o segundo encontro e comprovou que cada região tem uma necessidade específica e que, às vezes, instâncias diferentes desenvolvem os mesmos cursos, como, por exemplo, formação em OLT (Organização no Local de Trabalho)", afirmou Michelle Marques, secretária de Formação da CNM/CUT. O primeiro encontro foi feito na região sul, em novembro de 2015 (leia aqui).

Segundo a dirigente, a presença do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas neste encontro regional foi estratégica: "Como na região Norte só há este sindicato na base cutista metalúrgica, optamos pela participação no encontro de São Paulo para enriquecer o debate e a troca de experiências".

Ainda de acordo com a secretária de Formação, a partir dos relatos e das demandas apontadas pelos participantes, é possível otimizar o trabalho e promover a solidariedade entre as entidades. "Por isso, o planejamento é essencial. Sindicatos com mais acúmulo no tema e estruturas como a Confederação, a Federação e a Escola Sindical podem atuar de maneira mais solidária, contribuindo para que a formação seja uma ação efetiva das entidades da categoria", assinalou Michelle.

O secretário de Formação da FEM-CUT/SP, Erick Silva, explicou que, a partir do raio X apresentado pelos sindicatos e dos encaminhamentos sugeridos neste encontro, na próxima reunião da Federação será proposta a criação do Coletivo Estadual de Formação dos Metalúrgicos da CUT/SP e também a participação da entidade no Coletivo de Formação da CUT/SP.

"Nosso encontro foi muito positivo, porque nos permitiu mapear o trabalho em andamento nos sindicatos e debater as necessidades reais para a formação em cada um deles. Temos de investir muito nesta área, ainda mais se avaliarmos a conjuntura atual e a necessidade de formar e qualificar quadros para enfrentar o ataque aos direitos dos trabalhadores e à democracia que está em curso no país", destacou Erick.

Para Dulce Mendonça, secretária de Formação do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas e também da CUT naquele estado, o encontro foi excelente, porque permitiu a ela ter contato maior com o trabalho desenvolvido por outros sindicatos. "Conhecer de perto a experiência do ABC - que é protagonista na história do movimento sindical - nos dá mais bagagem para buscar apoio para a área de formação no nosso Estado. O encontro ampliou meu aprendizado e me apontou caminhos para buscar parcerias com outras instituições, o que abrirá um novo leque de possibilidades para nosso trabalho", avaliou a dirigente.

Deixe seu Recado