SMetal

Imprensa

Meio Ambiente

Em quatro meses Rede Cata-Vida preservou mais de dez milhões de litros de água

Quinta-feira, 02 de Junho de 2016 - 17:47 - Atualizado em 27/12/2016 14:49
Imprensa SMetal

,
Os materiais são coletados pelos mais de 300 catadores e catadoras que integram a Rede Cata-Vida
Em balanço divulgado pela Rede Solidária Cata-Vida, de janeiro a abril deste ano, as 18 cooperativas de reciclagem das regiões de Sorocaba e Itapeva, coletaram 1.066,28 milhões de toneladas de materiais recicláveis entre papéis, plásticos, alumínios, óleo residual de fritura e outros.

Em termos ambientais, a Rede Cata-Vida colaborou na preservação de 10,897 árvores; 39.403 litros de petróleo e mais de dez milhões de litros de água, segundo o relatório do primeiro quadrimestre de 2016.

Os dados foram compilados pelo Balanço Ecológico, ferramenta criada pelo Ceadec (Centro de Estudos e Apoio ao Emprego, Desenvolvimento e Cidadania) para interpretar, em termos ecológicos, qual o verdadeiro impacto da coleta seletiva na perspectiva social, econômica e ambiental. "São mais de 300 catadores e catadoras envolvidos neste processo que limpa as cidades, aumenta a vida útil dos aterros sanitários, preserva o Meio Ambiente e gera renda às famílias", explica o presidente da Rede Cata-Vida Darci de Oliveira.

Sobre o CEADEC

O CEADEC é uma Organização não governamental e Oscip, criada em 1999 que apoiou e assessorou a criação da Rede Solidária Cata-Vida, em 2001, a primeira Rede de todo o Brasil. A entidade continua apoiando e assessorando a Rede, assim como todas cooperativas que a compõe, de forma gratuita e apóia a formação de catadores e catadoras de maneira transformadora, na criação de novas cooperativas.

Deixe seu Recado