SMetal

Imprensa

Siderúrgica

Em nota, CNM/CUT presta solidariedade aos trabalhadores na Usiminas

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2018 - 14:49 - Atualizado em 13/08/2018 15:00
Assessoria de Imprensa da CNM/CUT

usiminas, Divulgação
A explosão em um dos gasômetros da empresa aconteceu no início da tarde da sexta-feira, dia 10Divulgação
Dois gasômetros da Usiminas em Ipatinga (MG) explodiram no início da tarde da última sexta-feira, 10. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, 25 pessoas foram encaminhadas ao hospital.

Em nota, a Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) reforça sua solidariedade com os metalúrgicos na empresa e a importância de protocolar nacionalmente um acordo de saúde e segurança do trabalhador nas empresas siderúrgicas.

Confira a nota completa abaixo:
A Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT vem por meio desta manifestar sua solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras na Usiminas, em Ipatinga, após o acidente da tarde de sexta-feira (10). Nesta mesma unidade, Luís Fernando Pereira, trabalhador terceirizado, morreu em um acidente de trabalho, o ocorrido aconteceu na quarta-feira (08).

É preocupante a quantidade de acidentes e mortes que vem acontecendo nas empresas siderúrgicas do Brasil.  Este cenário só piorou com a terceirização indiscriminada e a reforma trabalhista que destrói direitos básicos da classe trabalhadora.

Os números de mortes por acidentes de trabalho do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT) são alarmantes. No último ano, foram registradas 2.351 mortes e mais de 700 mil acidentes de trabalho no Brasil, sendo a maioria de trabalhadores terceirizados.

É inadmissível que acidentes desta natureza continuem acontecendo sem que as empresas adotem medidas efetivas de segurança e saúde em suas unidades. Por isso, a CNM/CUT, mais uma vez, reforça a importância de um protocolo nacional de saúde e segurança para seus trabalhadores e trabalhadoras. Este protocolo, que está sendo debatido com as empresas, visa diretrizes e condições de saúde e segurança no local de trabalho.

O lucro das empresas não pode se sobrepor à vida de trabalhadores e trabalhadoras!

CNM/CUT

Deixe seu Recado