SMetal

Imprensa

Vote consciente

Eleições 2020: O que você precisa saber antes de votar

O primeiro turno das eleições municipais de 2020 acontece neste domingo, dia 15 de novembro, da 7h às 17h, quando serão escolhidos prefeitos (as) e vereadores (as). Saiba o que mudou devido à pandemia da Covid-19

Quinta-feira, 12 de Novembro de 2020 - 11:55 - Atualizado em 16/11/2020 10:12
Imprensa SMetal

eleição, voto, smetal, municipal,, Divulgação
Eleições 2020Divulgação
O primeiro turno das eleições municipais de 2020 acontece neste domingo, dia 15 de novembro – quando serão escolhidos os (as) prefeitos (as) e vereadores (as) que irão representar os cidadãos nos próximos quatro anos.

Em municípios com mais de 200 mil eleitores, pode ocorrer ainda o segundo turno para prefeito (a) – marcado para 29 de novembro. Pela Constituição Federal, o segundo turno é realizado quando nenhum dos candidatos consegue mais da metade dos votos válidos.

E fique atento! Com a pandemia da Covid-19, as eleições deste ano tiveram algumas mudanças, como: antecipação do horário de abertura das sessões eleitorais; não haverá a identificação biométrica; fica liberado votar usando o aplicativo e-Título; entre outras.

Confira abaixo o que você precisa saber sobre as eleições de 2020:

- HORÁRIO: Neste ano, as eleições começam mais cedo. Os portões dos locais de votação serão abertos às 7h e fecham às 17h. O horário das 7h às 10h é preferencial para eleitores idosos e/ou do grupo de risco, porém não exclusivo ou reservado;

- MÁSCARA: É obrigatório o uso de máscara;

- LEVE SUA CANETA: Como medida de segurança, eleitor deve levar a própria caneta para assinar ficha de votação e, assim, evitar o compartilhamento do objeto.

- E-TÍTULO: Para este ano, o TSE vai aceitar que o eleitor apresente o e-Título para votar. O app, disponível para iOS e Android, deve ser baixado e configurado com antecedência para evitar surpresas desagradáveis.

- BIOMETRIA: Não haverá votação por biometria. Segundo a decisão do TSE, a identificação pela digital pode aumentar a probabilidade de infecção, já que o leitor biométrico não pode ser higienizado com frequência;

- DISTANCIAMENTO: O eleitor deve respeitar o distanciamento social sinalizado na sua seção eleitoral;

- DIREITO DE VOTAR: Se estiver trabalhando no dia das eleições e o horário coincida com o período da votação, a empresa é obrigada a liberá-lo para que possa votar. Caso seja negada, o trabalhador deve ligar para um dos cartórios eleitorais da sua cidade e denunciar! A Justiça Eleitoral não limita tempo, mas afirma que a empresa tem que liberar seus empregados o tempo suficiente para que eles possam votar – levando em conta o trajeto e possíveis filas.

VOTE CONSCIENTE: É importante que o eleitor valorize seu voto e pesquise bem sobre os candidatos e suas propostas. Por isso, o Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza o DivulgaCand (acesse aqui), site onde qualquer cidadão pode conhecer mais sobre os candidatos. Com as novas tecnologias, o eleitor também pode procurar informações nos perfis nas redes sociais e sites dos candidatos.

COLINHA: Neste ano, apesar de serem poucos números para lembrar, não esqueça de levar a sua colinha com o número dos candidatos a prefeito (a) e vereador (a).

LEIA MAIS:

Trabalhador deve votar em quem defende seu emprego e seus direitos

 

Deixe seu Recado