SMetal

Imprensa

OPINIÃO

EDITORIAL - Previna acidentes: são vidas em jogo

Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020 - 10:33 - Atualizado em 19/02/2020 17:02
Imprensa SMetal

acidente, trabalhador, segurança, Divulgação
A metalurgia já é um trabalho pesado e cabe também ao trabalhador ter consciência de que a sua segurança e a de seus colegas deve vir em primeiro lugarDivulgação
Com saúde e segurança não se brinca. Especialmente no Brasil, onde uma pessoa morre a cada três horas vítima de acidente de trabalho. 4,7 milhões desse tipo de acidente foram registrados entre 2012 e 2018. Um número que pode ser maior devido à falta de notificação.

Ritmo acelerado de trabalho, maquinários antigos e sem manutenção, condições precárias e falta de fiscalização, são algumas das muitas causas para os acidentes. Por isso, nossa cobrança é para que as empresas de fato invistam para garantir segurança e saúde no ambiente de trabalho.

O desmonte da Justiça do Trabalho e as mudanças nas leis trabalhista, como a Reforma da Trabalhista e o Programa Verde e Amarelo (MP 905), também desestimulam empresas à investirem na segurança do trabalhador e na fiscalização. A MP 905, por exemplo, acaba com a necessidade de aprovação prévia para os projetos de instalação de caldeiras, fornos e recipientes sob pressão, aumentando os riscos no local de trabalho.

O cenário de desemprego também colabora para esse tipo de acidente. O medo de perder o sustento de sua família, faz com que o trabalhador se submeta diariamente a situações de risco, dando um “jeitinho aqui e ali”. Muitas dessas situações tornam-se rotineiras, até ocorrer algo mais grave.

A metalurgia já é um trabalho pesado e cabe também ao trabalhador ter consciência de que a sua segurança e a de seus colegas deve vir em primeiro lugar. Ao perceber algo que possa causar um acidente, o trabalhador deve parar de executar aquela função e procurar o técnico de segurança, um cipeiro ou até mesmo a chefia. Se o problema não for solucionado, procure o Sindicato e denuncie!

A prevenção é a melhor maneira de se evitar acidentes. Então, seja qual for o problema, é obrigação da empresa buscar modos de preservar a condição de trabalho e a vida das pessoas, descobrindo a causa e impedindo que esses acidentes ocorram.

Há anos, o Sindicato dos Metalúrgicos alerta sobre a importância da prevenção de acidentes em assembleias, com materiais informativos sobre a importância da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), além de cobrar das empresas melhores condições de trabalho. Garantir a segurança e prevenir acidentes não são tarefas fáceis, porém extremamente importantes. Existem normas, regras e leis que devem ser cumpridas; são vidas em jogo.

Deixe seu Recado