SMetal

Imprensa

Contra golpe

Docentes do campus Sorocaba da UFSCar aderem a paralisação

Quarta-feira, 01 de Junho de 2016 - 16:15 - Atualizado em 27/12/2016 14:49
Jornal Cruzeiro do Sul

,
A paralisação deverá ocorrer até o dia 7. Os setores administrativos da entidade também estão paralisados
Cerca de 200 docentes do campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), deram início na tarde desta quarta-feira (1), a uma paralisação em protesto com o governo do presidente interino Michel Temer (PMDB). O posicionamento da categoria é diante da paralisação iniciada nesta terça-feira (31) pelos estudantes. A decisão foi tomada após assembleia promovida pela Associação dos Docentes da Universidade Federal de São Carlos (ADUFSCar). De acordo com representantes da associação, um dos fatores que levam professores a concordarem com o movimento está o corte de verbas para a área de Educação. Na tarde desta quarta, o campus estava praticamente vazio.

Os professores estão reunidos na universidade debatendo as questões da atual conjuntura política do país. Estudantes e docentes são ainda contra medidas do governo de Michel Temer, incluindo as mudanças no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e a extinção da Controladoria Geral da União. Também são contrários à cobrança de cursos de pós-graduação em universidades públicas e cortes no orçamento do Sistema Único de Saúde (SUS). A paralisação ocorrerá até o dia 7 de junho, e se estende também aos setores administrativos da universidade.

Deixe seu Recado