SMetal

Imprensa

Cerimônia

Diretoria do SMetal é empossada e resgata valores para próxima gestão

Dirigentes assinaram o documento de posse em cerimônia realizada nesta segunda-feira, dia 24, respeitando os protocolos de saúde; a solenidade foi marcada por falas políticas e homenagens

Segunda-feira, 24 de Maio de 2021 - 16:20
Imprensa SMetal

1-itsbritneybitch, carolzinha, 2021, imprensa, Daniela Gaspari/Imprensa SMetal
Cerimônia contou com a presença dos novos dirigentes e, também, dos companheiros que estão deixando seus cargosDaniela Gaspari/Imprensa SMetal
De 24 de maio de 2021 até a mesma data do ano de 2025, o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) será conduzido pelos diretores eleitos na última eleição, realizada em março de 2021. Empossada nesta segunda-feira, 24, a diretoria terá 79 membros entre conselheiros, dirigentes sindicais e diretores executivos que assinaram o documento de posse nesta manhã.

A cerimônia, que marcou o início de um novo período, contou com a presença dos novos dirigentes e, também, dos companheiros que estão deixando seus cargos. Eles foram homenageados com placas personalizadas, agradecendo pelo tempo dedicado em prol da categoria metalúrgica. Vale ressaltar que o distanciamento social foi respeitado, além de ter sido obrigatório o uso de máscaras dentro do salão.

Após a fala de abertura do secretário-geral, Silvio Ferreira, o presidente do SMetal, Leandro Soares, trouxe a reflexão sobre a importância das lutas travadas em 2017, quando a diretoria do Sindicato assumia um novo mandato embaixo de bombas e tiros, em Brasília. Para Leandro, foi pela atuação do SMetal que a categoria não sentiu expressivamente os efeitos de retiradas de direitos como a Reforma Trabalhista. Ele também ressaltou a importância de votar com consciência para os próximos anos, já que “a pandemia evidenciou a negligencia e o negacionismo do governo vigente”, disse.

Durante o evento, Silvio Ferreira fez uma passagem pela história do SMetal, além de trazer dados importantes sobre a categoria no estado e nas 14 cidades que compõem a base do Sindicato. Ele também recordou das modernizações empenhadas pela entidade como as votações on-line, por meio de assembleia virtual, além das contribuições realizadas por departamentos internos da instituição como a subseção do Dieese, Imprensa SMetal e Departamento Jurídico. 

Outro ponto abordado por ele, foi a concepção e origem do Sindicato Cidadão. Um conceito amplamente conhecido por quem transita pelas dependências do SMetal. “Garantimos negociações e acordos pela categoria durante esses últimos anos, mas, para além disso, pudemos contribuir com cidadania em nossas ações de Sindicato Cidadão. Seja no auxílio ao Banco de Alimentos de Sorocaba; seja em nossas festividades de 1º de Maio. Nossa missão é expandir a atuação sindical, oferecendo cultura, lazer e justiça social para a categoria e a sociedade como um todo”, afirma.

Diversos representantes políticos referendaram essa atuação. Lideranças de entidades como a Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT (FEM), Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM), IG Metall (Alemanha), além de figuras políticas como a vereadora petista, Iara Bernardi, comentaram sobre a atuação do Sindicato dos Metalúrgicos e sua importância vital para o desenvolvimento da indústria e da categoria em território nacional.

O encerramento da solenidade se deu por meio de um recado muito especial. O ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, enviou um vídeo ao SMetal, parabenizando os dirigentes eleitos e expressando seu carinho saudoso pelo companheiro Wilson “Bolinha”. Em sua fala, Lula ressaltou, entre outras questões, a atuação do presidente, Leandro Soares, e deu ênfase na importância do SMetal para o país. “Esse sindicato vai continuar sendo um dos sindicatos mais importantes do estado de São Paulo e mais importantes do Brasil”, disse.

Emocionado, Leandro comentou o que espera pela frente. “Serão anos de muitas lutas, levando em consideração que os outros já não foram fáceis. Mas quando nos deparamos com o tamanho deste sindicato e a potência que ele tem, sabemos que temos em nossas mãos algo de grandioso para construir aqui. Não falta disposição para fazer a luta! Como esteve em nosso slogan: ‘Juntos hoje pelos direitos do amanhã’. É nisso que acredito”, afirmou.

A liderança do Sindicato permanece do presidente reeleito, membro do CSE da ZF do Brasil Planta 2. Ao todo, são 79 dirigentes, divididos em 28 CSEs, incluindo o Comitê de Aposentados, que vão compor a nova direção do Sindicato. Desses, 27 compõem a Diretoria Executiva, o Conselho da Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal.

Os 28 Comitês são: Apex Tool, Bardella, Clarios, CNH, Edscha, Flextronics, Furukawa, Gerdau, Gestamp, GK 108, Hurth Infer, Inovadoris, Junior Flex, Kanjiko, Metalac, Metalúrgica Vicfer, Metso, Moto Peças, Prysmian (unidades Boa Vista e Éden), Robert Bosch, Schaeffler, Scherdel, Toyota, VMX e ZF do Brasil (Planta 1 e Planta 2) – mais o Comitê de Aposentados (CSA).

 

Deixe seu Recado