SMetal

Imprensa

Nesta quinta-feira

Cultura e Sociedade: SMetal dá início a Ciclo de Lives pelo Instagram

A primeira entrevista ao vivo será nesta quinta-feira, 6, às 18h30, sobre as origens e os horizontes do grupo de maracatu Baque Mulher, que promove resistência feminista pelos quatro cantos do país

Terça-feira, 04 de Agosto de 2020 - 13:30 - Atualizado em 07/08/2020 10:53
Imprensa SMetal

baque, mulher, Smetal, sindicato, live, sorocaba, feminismo, Foguinho/Arquivo Imprensa SMetal
Pelo Brasil afora são mais de 300 mulheres que com dança e batuque conquistam espaços abordando o empoderamento feminino, com o Baque MulherFoguinho/Arquivo Imprensa SMetal
Para cultivar reflexões sobre cultura e sociedade o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) dá início nesta quinta-feira, dia 6, às 18h30, ao Ciclo de Lives, em formato de entrevista, com artistas, autoras (es), pesquisadoras (es) pelo Instagram da entidade.

As primeiras convidadas à sala de estar virtual do SMetal são a coordenadora do Baque Mulher Sorocaba, Camila Jurado, e a batuqueira Renata Barboza Rodrigues, que abordarão a trajetória do movimento na cidade e também as ações dessas mulheres feministas, que estão reunidas por todo o Brasil, em torno do maracatu, contando com 31 grupos.

Durante a pandemia que impede os ensaios, que eram realizados semanalmente, na sede do SMetal, o grupo tem feito ações sociais e, por meio de aplicativos, promovem debates e fomentam espaço de acolhimento neste momento tão delicado pelo qual atravessa o país.

As próximas participações, com as respectivas datas, serão divulgadas em breve no site do sindicato. As entrevistas serão realizadas pela jornalista Fernanda Ikedo.

“O SMetal sempre concedeu incentivos à arte e cultura da cidade. Mesmo neste momento, de crise política e isolamento social, não será diferente”, afirma o secretário de administração e finanças do SMetal, Tiago Almeida do Nascimento.

Deixe seu Recado