SMetal

Imprensa

Sorocaba e região

Covid-19: SMetal realiza levantamento sobre casos e óbitos na categoria

O metalúrgico pode colaborar com o levantamento informando se teve a doença ou se apresentou sintomas, se ficou afastado do trabalho, se precisou de internação, entre outros. Formulário está disponível aqui 

Sexta-feira, 23 de Abril de 2021 - 11:29 - Atualizado em 23/04/2021 20:01
Imprensa SMetal

levantamento, covid, enquete, smetal, sindicato, coronavirus, Divulgação
O levantamento sobre os casos de Covid-19 na categoria não tem prazo determinado para acabarDivulgação
O Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) está realizando um levantamento para saber a abrangência dos casos da Covid-19 na categoria. O objetivo da entidade é direcionar melhor as ações em prol trabalhadores e cobrar medidas efetivas das empresas e do poder público para preservação dos empregos, da renda e da vida.

O secretário-geral do SMetal, Silvio Ferreira, explica que o Sindicato acompanha os casos do coronavírus desde o começo da pandemia. “Os dirigentes sindicais trabalham para saber como está a doença dentro das fábricas e temos um canal de denúncia que nos ajuda a buscar formas de proteger o trabalhador. Mas sentimos a necessidade de um levantamento mais aprofundado porque, muitas vezes, a informação dos casos não chega até nós”.

O levantamento tem duas frentes. A primeira foi enviar um ofício para as empresas solicitando os números de casos e óbitos por Covid-19. “É importante salientar que não estamos pedindo nenhum dado pessoal, apenas queremos quantificar onde temos mais casos ou mais óbitos”, enfatiza Silvio.

Na segunda frente, foi disponibilizado um formulário no qual o trabalhador pode dizer se teve a doença ou se apresentou sintomas, além de informar se ficou afastado do trabalho e se precisou de internação, entro outros. O formulário pode ser acessado aqui.

Silvio ressalta que o trabalhador não precisa se identificar. “Nossa intenção é saber onde tem casos e como isso foi tratado pela empresa. Temos denúncias de metalúrgicos que tiveram suspeita de Covid-19 e que nem chegaram a serem afastados pela empresa. Então, com a reposta da categoria, vamos poder cruzar os dados que estamos levantando junto às empresas”.

O levantamento não tem prazo determinado para acabar. “Vamos levar o tempo necessário para buscar essas informações. Ao mesmo tempo, mantemos as constantes ações em defesa dos trabalhadores, principalmente cobrando por medidas que protejam os empregos, a renda e a vida de todos”.

O presidente do SMetal, Leandro Soares, pede que a categoria participe do levantamento. “Com a colaboração dos trabalhadores e trabalhadoras vamos ter condições de saber o tamanho da doença nas empresas metalúrgicas e, assim, aprofundar nos trabalhos para vencermos essa guerra”.

Deixe seu Recado