SMetal

Imprensa

Solidariedade

Covid-19: Banco de Sangue de Sorocaba precisa de doações

Com o agravamento da crise causada pelo novo coronavírus, os estoques de sangue na cidade caíram bastante; local continua atendimento normalmente de segunda a sábado, das 7h30 às 12h30

Terça-feira, 12 de Maio de 2020 - 16:00 - Atualizado em 12/05/2020 18:35
Imprensa SMetal

2020, imprensa, Marcelo Camargo/Agência Brasil
Atendimento acontece de segunda a sábado, das 7h30 às 12h30Marcelo Camargo/Agência Brasil
Com o agravamento de crise causada pela Covid-19, o novo coronavírus, os doadores de sangue em Sorocaba diminuíram bastante. De acordo com a Associação Beneficente de Coleta de Sangue de Sorocaba (Colsan), que administra o Hemonúcleo na cidade, a situação é semelhante ao final de ano, quando os estoques costumam ficar em níveis baixos.

Quem apresentou sintomas respiratórios e febre nos últimos 30 dias não pode realizar qualquer tipo de doação. Quem esteve em contato com algum paciente que teve Covid-19 ou apresentou sintomas, não poderá fazer a doação por no mínimo 14 dias.

O posto de coleta continua funcionando normalmente para atender a demanda. No local, é realizada uma triagem, que tem o objetivo de identificar fatores que impeçam a doação por condição de saúde do doador ou que coloquem riscos ao receptor. Além disso, estão sendo tomadas todas as medidas necessárias para garantir a saúde dos doadores.

As doações podem ser feitas de segunda a sábado, das 7h30 às 12h30. O Banco de Sangue de Sorocaba fica na avenida Comendador Pereira Inácio, 564. 

O presidente do SMetal, Leandro Soares, fala da importância de fazer a doação. "Tomando todos os cuidados, é possível ajudar quem está passando por um momento tão difícil, que é precisar da doação de sangue. Portanto, é de grande valia se cada um que estiver bem de saúde possa doar sangue e, assim, ajudar muita gente".

Para doar sangue, você deve:

Portar documento oficial e original de identidade com foto e dentro do prazo de validade (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação)

Ter entre 16 e 69 anos de idade* (sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos)

Pesar acima de 50 Kg

Estar em boas condições de saúde

Estar alimentado, porém evitar refeições pesadas (gordurosas) nas 3 horas que antecedem a doação

Observação: Os doadores menores de 18 anos acompanhados por um adulto, maior de 21 anos, deverão levar o Termo de Autorização de doação de menor de idade preenchido, com firma reconhecida em cartório, documento de identidade original com foto do menor e do responsável legal e cópia simples do documento de identidade de ambos que ficarão arquivadas na instituição.

O reconhecimento de firma é dispensável com a presença do responsável legal do começo ao fim da doação e a assinatura constante na cópia do documento de identidade apresentada deve ser idêntica a do Termo de Autorização.

O documento de autorização pode ser retirado no posto de coleta ou clicando aqui.

Homens podem doar a cada 2 meses, até no máximo 4 vezes no período de 12 meses

Mulheres podem doar a cada 3 meses, até no máximo 3 vezes no período de 12 meses

A diabetes tipo I é doença auto-imune que impede a doação. 

Apenas diabéticos tipo II sem uso de hipoglicemiantes podem doar.

Pessoas com tatuagem, piercing ou qualquer tipo de pigmentação na pele: podem doar após 12 meses do procedimento.

Hepatite: se contraiu antes a idade de 10 anos pode doar. Se contraiu após os 10 anos de idade não pode doar.

Cirurgias e procedimentos médicos:

Cirurgias de pequeno porte e oftalmo: pode doar após alta médica

Odonto tratamento com anti-inflamatório: uma semana após a extração ou procedimento.

Tratamentos dermatológicos: após a cicatrização.

Politraumas: no geral após 12 meses.

Endoscopia, Colonoscopia, laparoscopia: após 6 meses.

Antibióticos: 15 dias após o termino do tratamento.

Vacina da febre amarela impede a doação por 4 semanas.

Deixe seu Recado