SMetal

Imprensa

Política

Cortes em programas sociais devem aprofundar a desigualdade

Quarta-feira, 01 de Junho de 2016 - 14:26 - Atualizado em 27/12/2016 14:48
Imprensa SMetal

,
Atingidos: Pequenos produtores também são alvos das medidas de Temer que prejudicam o desenvolvimento
O afastamento da presidenta Dilma Rousseff tem várias motivações políticas, como a garantia de impunidade aos políticos corruptos, que viram no impeachment dela a única maneira de salvar a própria pele.

Além disso, o governo de Michel Temer (PMDB) em poucas semanas no poder já cancelou o Minha Casa Minha Vida 3, e já prevê cortes no Bolsa Família que pode excluir cerca de 10 milhões de famílias.

Essas medidas aumentam a desigualdade social no país e aprofundam a crise econômica.

Na mira de Temer estão os cortes em programas sociais que ajudam a população de baixa renda. As medidas de ajustes fiscais para o governo golpista são as que favorecem o setor empresarial e bancário do país.

Até a agricultura familiar é alvo do governo interino. O Ministério de Desenvolvimento Agrário, grande conquista para os agricultores, foi extinta. Reforma agrária foi parar nas mãos do ministro da Casa Civil, o que resulta em anulação do processo de distribuição de terras e justiça social.

Deixe seu Recado