SMetal

Imprensa

Sorocaba

Conquista: acordo de PPR é aprovado pelos metalúrgicos da Espas

Negociado pelo SMetal, foi o primeiro Programa de Participação nos Resultados conquistado desde a instalação da empresa em Sorocaba; assembleia que aprovou a proposta aconteceu na manhã desta sexta-feira, dia 10

Sexta-feira, 10 de Setembro de 2021 - 12:03 - Atualizado em 10/09/2021 13:38
Imprensa SMetal

espas, assembleia, votação, ppr, plr, smetal,, Foguinho/Imprensa SMetal
A assembleia com os trabalhadores da Espas foi realizada nesta sexta-feira, dia 10, na porta da fábricaFoguinho/Imprensa SMetal

Pela primeira vez desde que a empresa foi instalada em Sorocaba, os trabalhadores da Espas, que fabrica protótipos automotivos, conquistaram o acordo do Programa de Participação nos Resultados (PPR) para 2021. A proposta foi negociada pela diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), juntamente com a Comissão de PPR, e aprovada pelos funcionários em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, dia 10, na porta da fábrica.

Segundo o diretor-executivo do SMetal, Antônio Welber Filho (Bizu), a intenção da entidade era negociar o benefício em 2020. Porém, com a pandemia da Covid-19, foi inviável e o Sindicato retomou as discussões neste ano.

“Em 2019, quando houve a conquista do vale-compras para os trabalhadores, assumimos o compromisso em iniciar as negociações do PPR, mas aí veio a pandemia e toda uma incerteza junto dela e seguimos negociando acordos para a manutenção do emprego e renda. Esse ano, a produção voltou com força total e retomamos as negociações”, explica.

O acordo segue os critérios mínimos definidos pela entidade para negociações do Programa, como valor, metas e forma de pagamento. A primeira parcela, de 60% do valor total, será paga ainda em setembro deste ano e a segunda, atrelada às metas, em abril de 2022.

Além da diretoria do SMetal, foi eleita pelos trabalhadores uma Comissão de PPR, que participou das negociações. “A Comissão tem um importante papel nessa conquista. São eles que vivem o dia a dia na fábrica e nos trazem importantes subsídios para negociar metas atingíveis e valores que correspondam à produção na empresa”, enfatiza.

Na Espas, a mesa de negociação foi composta pelo diretor do SMetal, Bizu, representantes da empresa e os metalúrgicos Wesley e Maycon. A proposta foi reprovada nesta quinta-feira, dia 9, mas o Sindicato e a Comissão tiraram as dúvidas dos funcionários e colocaram o acordo novamente em votação nesta sexta, 10, que foi aprovado por unanimidade.

Campanha Salarial

Outro ponto importante tratado na assembleia foi o andamento das negociações da Campanha Salarial 2021, que fechou em 10,42% o total de perdas da categoria com a inflação deste a última data-base. A Espas faz parte do Grupo 3, que já tem Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) assinada por dois anos e, por isso, o foco das discussão são as cláusulas econômicas, como reajuste e piso salarial.

A empresa Espas fica no bairro Iporanga e tem cerca de 60 trabalhadores.

Deixe seu Recado