SMetal

Imprensa

Sorocaba

Confira o calendário de vacinação contra covid-19, gripe e meningite

O esquema de vacinação em Sorocaba segue entre os dias 12 a 16 de setembro igual ao da semana anterior, com vacina contra covid-19 sendo aplicada na segunda, quarta e sexta e as demais, na terça e quinta-feira.

Segunda-feira, 12 de Setembro de 2022 - 11:11 - Atualizado em 12/09/2022 11:28
Portal Porque

vacina, gripe, sorocaba, liberada, influenza, covid,, Banco de Imagens
A vacinação ocorre em 33 unidades básicas de saúde da cidade, das 9h às 15hBanco de Imagens
A vacinação contra covid-19, gripe e meningite (vacina meningocócica C) prossegue na semana de 12 a 16 de setembro em Sorocaba, no mesmo esquema das semanas anteriores, com a vacina contra covid-19 sendo aplicada às segundas, quartas e sextas e as demais, às terças e quintas-feiras.

A vacinação ocorre em 33 unidades básicas de saúde da cidade (veja os endereços clicando aqui), sempre das 9h às 15h.

A Prefeitura de Sorocaba informa que, como existem outras campanhas de vacinação em andamento, as vacinas podem ser tomadas de forma simultânea por pessoas com idade acima de 3 anos. Abaixo dessa idade, é recomendado um intervalo de 15 dias entre uma vacina e outra.

Confira o calendário da semana.

Segunda-feira, 12 (covid-19)
– 1ª dose de Coronavac para crianças de 3 e 4 anos com comorbidade, deficiências, indígenas e quilombolas (conforme anexo 1 da 40ª Atualização do Documento Técnico).

– 1ª e 2ª dose de Pfizer pediátrica para crianças de 5 a 11 anos e imunossuprimidos com 6 a 11 anos.

– 3ª dose de Pfizer adulto para população de 12 a 17 anos, incluindo gestantes, puérperas e imunossuprimidos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida de 12 a 17 anos, incluindo gestantes, puérperas (imunossuprimidas).

– 1ª, 2ª e 3ª dose de Pfizer adulto para população a partir de 12 anos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida a partir de 18 anos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população a partir de 18 anos e profissionais da saúde.

– 5ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida a partir de 18 anos.

Obs: para as doses adicionais, é necessário intervalo de pelo menos 122 dias (4 meses).

Terça-feira, 13 (gripe e meningite)
– Vacina contra gripe para toda população com idade acima de 6 meses.

– Vacina meningocócica C para todos os trabalhadores da Saúde.

Quarta-feira, 14 (covid-19)
– 1ª dose de Coronavac para crianças de 3 e 4 anos com comorbidade, deficiências, indígenas e quilombolas (conforme anexo 1 da 40ª Atualização do Documento Técnico).

– 1ª e 2ª dose de Pfizer pediátrica para crianças de 5 a 11 anos e imunossuprimidos com 6 a 11 anos.

– 3ª dose de Pfizer adulto para população de 12 a 17 anos, incluindo gestantes, puérperas e imunossuprimidos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida de 12 a 17 anos, incluindo gestantes, puérperas (imunossuprimidas).

– 1ª, 2ª e 3ª dose de Pfizer adulto para população a partir de 12 anos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida a partir de 18 anos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população a partir de 18 anos e profissionais da saúde.

– 5ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida a partir de 18 anos.

Obs: para as doses adicionais, é necessário intervalo de pelo menos 122 dias (4 meses).

Quinta-feira, 15 (gripe e meningite)
– Vacina contra gripe para toda população com idade acima de 6 meses.

– Vacina meningocócica C para todos os trabalhadores da Saúde.

Sexta-feira, 16 (covid-19)
– 1ª dose de Coronavac para crianças de 3 e 4 anos com comorbidade, deficiências, indígenas e quilombolas (conforme anexo 1 da 40ª Atualização do Documento Técnico).

– 1ª e 2ª dose de Pfizer pediátrica para crianças de 5 anos a 11 anos e imunossuprimidos com 6 a 11 anos.

– 3ª dose de Pfizer adulto para população de 12 a 17 anos, incluindo gestantes, puérperas e imunossuprimidos.

– 4ª dose de Pfizer adulto para população imunossuprimida de 12 a 17 anos, incluindo gestantes, puérperas (imunossuprimidas).

– 1ª e 3ª dose de Janssen para população a partir de 18 anos.

– 4ª dose de Janssen para população imunossuprimida a partir de 18 anos.

– 4ª dose de Janssen para população a partir de 18 anos e profissionais da saúde.

– 5ª dose de Janssen para população imunossuprimida a partir de 18 anos.

Obs: para as doses adicionais, é necessário intervalo de pelo menos 122 dias (4 meses).

Documentação necessária

Covid-19

Adultos e adolescentes devem apresentar RG, CPF e comprovante de vacinação da dose já recebida.

Pessoas com alto grau de imunossupressão também precisam levar laudo médico (confira na figura abaixo a relação de alto grau de imunossupressão definida pelo governo do Estado de São Paulo).

Crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis e portar suas Carteirinhas de Vacinação, documento de identidade e CPF ou Cartão do SUS.

Pais ou responsáveis de crianças com comorbidades ou deficiências devem apresentar comprovante da condição de risco delas, como exames, receitas, relatório médico, prescrição médica ou cadastro já existente na UBS (veja abaixo a lista das doenças classificadas como comorbidades pelo Ministério da Saúde).

Gripe

É obrigatória a apresentação de documento de identidade com foto e da Carteira de Vacinação da pessoa a ser vacinada.

Meningocócica C

Exclusiva para profissionais da Saúde, esta vacina exige a apresentação de comprovante de vínculo empregatício.

A Prefeitura define como trabalhadores da Saúde as pessoas que atuam “em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais”. Isso compreende tanto os profissionais da saúde – como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares – quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que prestem atendimento na assistência dos serviços de saúde.

Deixe seu Recado