SMetal

Imprensa

Pries

Com salários atrasados, parte dos funcionários não retorna ao trabalho

Quinta-feira, 06 de Agosto de 2015 - 09:46 - Atualizado em 27/12/2016 14:06
Jornal Cruzeiro do Sul/José Antônio Rosa

,
Dos 90 funcionários que compareceram na fábrica, 60 retornaram ao trabalho e 30 voltaram para casa ao saberem que não receberiam os salários atrasados
Depois de 15 dias fechada por ordem judicial, a Tecnomecânica Pries retomou ontem de manhã suas atividades produtivas. Dos cerca de 90 funcionários que compareceram na fábrica, 60 retornaram ao trabalho; outros 30 voltaram para casa depois de saberem que não receberiam os salários atrasados.

Os 150 trabalhadores da empresa, que produz componentes para a chamada linha branca, como fogões e geladeiras, estão, conforme o Sindicato dos Metalúrgicos, há dois meses sem receber remuneração e há três meses sem a cesta básica de alimentos. Também ontem a administradora da Recuperação Judicial requerida pela indústria, Beatriz Novaes, pediu à Pries que apresente, no prazo de trinta dias, um plano para desocupação do imóvel onde se encontra instalada, na avenida Independência.

Deixe seu Recado