SMetal

Imprensa

Conquista

Com aumento, trabalhadores da Vossloh aprovam PPR 2021 e 2022

Acordo negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região garantiu aumento de 5% no Programa, abrangendo trabalhadores efetivos, temporários e estagiários; votação aconteceu à distância  

Sexta-feira, 04 de Junho de 2021 - 14:05 - Atualizado em 04/06/2021 20:22
Imprensa SMetal

junho, 2021, imprensa,
JUNHO

Os trabalhadores da Vossloh aprovaram o Programa de Participação nos Resultados (PPR) para os anos de 2021 e 2022 com aumento de 5% para cada ano. A assembleia foi realizada a distância entre os dias 3 e 4, quinta e sexta-feira, pelo Portal SMetal.

Ao todo, 125 metalúrgicos tinham direito à voto. Desses, 104 (83,20%) participaram da votação, sendo que 102 (98,08%) foram favoráveis à proposta, 1 (0,96%) foi contrário e 1 (0,96%) optou pela abstenção. O acordo foi negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) e abrange trabalhadores efetivos, temporários e estagiários.

Para o PPR 2021, o pagamento da primeira parcela está programado para julho. A segunda parcela fica para fevereiro de 2022 e está atrelada às metas. Em 2022, a primeira parcela será paga em julho e a segunda em fevereiro de 2023, também de acordo com as metas.

O diretor executivo do SMetal, Antonio Welber Filho (Bizu), explica que o acordo negociado traz, ainda, uma meta progressiva, estabelecendo que, de acordo com o lucro da empresa, o aumento conquistado pode ser maior de 5%. 

Para ele, é uma importante conquista para os trabalhadores. “Mesmo em meio a tantas adversidades, tanto de saúde quanto econômicas, buscamos nas negociações garantir que os metalúrgicos tivessem o PPR deste ano e do próximo ano com aumento. Isso é resultado do trabalho sério do Sindicato e da mobilização da categoria”.

A Vossloh Cogifer tem cerca de 120 trabalhadores e produz aparelhos de manobras de via, que indica a direção do trem.

Assembleia online

A votação aconteceu à distância para evitar aglomerações e, assim, o risco de contágio pela Covid-19. A plataforma é uma das medidas adotadas pelo SMetal para proteger os trabalhadores da categoria da doença e é utilizada desde 2020.

O sistema de assembleia eletrônica foi desenvolvido por uma empresa de tecnologia especializada, que faz uso de criptografia de ponta, garantindo maior segurança, privacidade e auditabilidade. A escolha do trabalhador é totalmente sigilosa, ou seja, nem a empresa nem o Sindicato têm acesso ao voto individualmente.

Deixe seu Recado