SMetal

Imprensa

No SMetal

Coletivo de mulheres da FEM faz análise do momento político atual

Terça-feira, 17 de Maio de 2016 - 17:20 - Atualizado em 27/12/2016 14:45
Imprensa SMetal

,
O próximo encontro será realizado em junho, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté
O coletivo de Mulheres da Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT São Paulo (FEM-CUT/SP) realizou, na manhã desta terça-feira, dia 17, na sede do SMetal Sorocaba, debate para definir agenda de reuniões e falar sobre a conjuntura política do Brasil.

Na reunião foram discutidos temas como o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), a situação das mulheres no chão de fábrica e a situação dos movimentos sociais no governo do presidente interino Michel Temer (PMDB).

De acordo com Priscila Silva, dirigente sindical no SMetal Sorocaba e integrante do coletivo, a composição do governo Temer não merece reconhecimento do povo. "Nós, mulheres trabalhadoras, não reconhecemos Michel Temer como presidente, ele não nos representa. É vergonhoso como ele arquitetou o golpe ao governo da presidenta Dilma", afirma.

Já no período da tarde, foi realizado um curso de formação sobre mulheres empreendedoras, com o palestrante Fernando Lima, economista da subseção do Dieese de Sorocaba.


Coletivo das mulheres

De acordo com Andrea Souza, Secretária de Mulheres da FEM, o encontro do coletivo é realizado na segunda terça-feira de cada mês, desde o ano de 2007. O próximo encontro será realizado em junho, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté.

Deixe seu Recado