SMetal

Imprensa

Dia nacional de Paralisações

Centrais sindicais protestam contra o governo

Quinta-feira, 22 de Setembro de 2016 - 10:25 - Atualizado em 27/12/2016 15:14
Jornal Cruzeiro do Sul

,
A manifestaçõa reuniu cerca de 7 mil trabalhadores e centrais sindicais em protesto aos retrocessos sociais e trabalhista anunciados no governo Temer
Várias centrais sindicais e cerca de 6 a 7 mil trabalhadores, de diversos setores de Sorocaba, fizeram um protesto desde as 6h da manhã contra as reformas trabalhista e previdenciárias propostas pelo governo do presidente Michel Temer, no Parque das Águas, nesta quinta-feira, dia 22, no Jardim Abaeté.

Desde as 4h da manhã, os ônibus fretados de transporte dos funcionários começaram a estacionar em volta do Parque das Águas e, com isso, os trabalhadores não foram para as empresas para participarem da manifestação.

Um carro de som foi mantido estacionado em um dos bolsões de estacionamento do parque e representantes sindicais fizeram críticas às propostas que estão em discussão em Brasília sobre os direitos trabalhistas e aposentadoria.

Entre as sindicais que participam da manifestação são Central Única dos Trabalhadores (CUT), UGT (União Geral dos Trabalhadores), Força Sindical, Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), que representam várias categorias de trabalhadores de Sorocaba.

O trânsito ficou lento na região. Com o fim da manifestação, os trabalhadores seguiram para as empresas. Já as centrais sindicais de Sorocaba seguirão para as manifestações previstas para hoje em São Paulo.

As centrais sindicais fizeram um alerta de greve geral caso o governo Temer pretenda mexer nos direitos trabalhistas.

Deixe seu Recado