SMetal

Imprensa

Mobilização

Centrais protestam contra o desmonte do INSS nesta sexta-feira

Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2020 - 14:58 - Atualizado em 14/02/2020 12:10
Imprensa SMetal

ato, protesto, sorocaba, inss, fila, previdência, Divulgação
Em várias cidades do país, sindicalistas vão dialogar com trabalhadores e servidores sobre a urgência de defender o INSS para melhorar o atendimentoDivulgação
As principais centrais sindicais do Brasil, como a CUT, promovem na manhã desta sexta-feira, dia 14, o Dia Nacional de Mobilização contra o Desmonte do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Em Sorocaba, a concentração está marcada para 8h, no Sindicato dos Rodoviários, que fica na rua Cap. Augusto Franco, 159 - próximo ao Terminal São Paulo.

Em várias cidades do país, sindicalistas vão dialogar com trabalhadores e servidores sobre a urgência de defender o INSS para melhorar o atendimento, acabar com filas e impedir o desmonte. Atualmente são mais de dois milhões de brasileiros aguardando análise dos pedidos.

Parte do atraso é porque o INSS não adequou o sistema com as regras da Reforma da Previdência, aprovada em novembro. Além disso, faltam profissionais para o atendimento e o governo Bolsonaro pretende contratar militares despreparados para fazer o serviço.

O secretário de organização do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Izídio de Brito, acredita que a situação deve se agravar. “O governo não tem uma solução para acabar com fila e quem mais precisam sofre sem saber quando vão conseguir a aposentadoria que tanto batalharam. Além do que, nem na ditadura se viu tantos militares ocupando cargos administrativos no governo e isso é muito preocupante.”

Izídio aponta que o caminho seria a contratação de pessoas qualificadas para a função. “Seria uma forma de suprir a demanda e ainda minimizar a situação do desemprego”.

Deixe seu Recado