SMetal

Imprensa

Grupo 10

Campanha 2020: SMetal conquista reajuste salarial retroativo na Conal

O reajuste de 2,94% será retroativo a setembro de 2020 e o percentual incide também no 13º e nas férias; pagamento está previsto para outubro. Próximo desafio é negociar a Campanha Salarial deste ano

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2021 - 11:01 - Atualizado em 09/09/2021 11:56
Imprensa SMetal

Conal, empresa, campanha, fachada, salarial,, Foguinho/Imprensa SMetal
A empresa Conal Construtora Nacional de Aviões fica próxima ao Aeroporto de Sorocaba, na Vila Angélica, e tem mais de 100 trabalhadoresFoguinho/Imprensa SMetal
Após denúncia de trabalhadores da Conal, o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) se reuniu com os diretores da empresa e negociou o reajuste de 2,94% nos salários referente à Campanha Salarial de 2020. A empresa faz parte do Grupo 10 e não havia realizado a aplicação do INPC da data-base anterior.

Segundo o dirigente sindical Alessandro Marcelo (Marcelinho), o reajuste será retroativo a setembro de 2020 e o percentual incide também no 13º e nas férias. O pagamento das diferenças está previsto para outubro deste ano.

“Nas negociações, a empresa alegava que não havia aplicado o reajuste porque não houve acordo no patronal. Mas, graças à denúncia, conseguimos reverter esse cenário e chegar a um consenso sobre a importância de valorizar o trabalho dos metalúrgicos e aplicar o reajuste de forma retroativa”, enfatiza Marcelinho.

Ele lembra que, a partir de agora, o desafio é negociar também a Campanha Salarial de 2021, que fechou em 10,42% o total de perdas da categoria com a inflação deste a última data-base. “Há anos, o Grupo 10 não fecha acordo pela bancada patronal e, por isso, deixamos avisado para os representantes da empresa de que não vamos aceitar empurrar as negociações para o ano que vem”, assegura.

PPR 2022

Marcelinho explica ainda que, durante as reuniões com a empresa, o Sindicato lembrou de uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que é um Programa de Participação nos Resultados (PPR). “Ficamos de pautar a empresa para negociar o benefício a partir do ano que vem. Mas, para isso, precisamos do apoio e da participação dos trabalhadores da empresa nessa luta”, explica.

A empresa Conal Construtora Nacional de Aviões fica próxima ao Aeroporto de Sorocaba, na Vila Angélica, e tem mais de 100 trabalhadores.

Deixe seu Recado