SMetal

Imprensa

Hospital Municipal

Câmara pode derrubar veto ao Hospital Municipal nesta terça

Sindicato pede que população acompanhe a votação nesta terça-feira, dia 26, às 9h

Sexta-feira, 22 de Março de 2013 - Atualizado em 27/12/2016 12:03
Imprensa SMetal

,
O SMetal, que coordena a campanha em prol do hospital, recomenda à população que ajude a derrubar o veto, participando da sessão na Câmara
O Sindicato dos Metalúrgicos, que coordenou a campanha em prol do Hospital Municipal no ano passado, convida todos os sorocabanos para acompanhar a sessão da Câmara de vereadores, na manhã da próxima terça-feira, dia 26, quando os parlamentares deverão decidir sobre o veto que o prefeito Antônio Carlos Pannunzio impôs à construção da nova unidade de saúde no município.

A campanha coordenada pelo Sindicato obteve, entre março e abril de 2012, mais de 26.500 assinaturas de eleitores sorocabanos em defesa da construção do Hospital Municipal. As assinaturas se tornaram um projeto de lei de iniciativa popular, que foi aprovado por unanimidade pelos vereadores em fevereiro deste ano. O prefeito, no entanto, vetou a medida no último dia 12.

Mas, mesmo após o veto, o projeto volta à Câmara nesta terça-feira, dia 26, para que os vereadores decidam se mantêm ou derrubam o veto do prefeito.

O vereador Izídio de Brito (PT), que há quase dois anos vem pressionando o Executivo pela construção do hospital, também incentiva a participação popular na sessão da Câmara na próxima terça. "Além de ser um direito do cidadão assistir às sessões, é necessário que todos os vereadores constatem, novamente, o forte apoio dos munícipes ao projeto do Hospital Municipal", recomenda o parlamentar.


Precedentes favoráveis

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Ademilson Terto da Silva, lembra que os vereadores já votaram favoráveis ao Hospital Municipal em várias ocasiões. A Câmara já derrubou um parecer jurídico contrário à iniciativa popular e já aprovou o projeto em duas sessões ordinárias, além de incluir verbas para construção do hospital na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e no Orçamento.

"Acredito que os parlamentares vão se sensibilizar novamente e derrubar o veto do Pannunzio ao Hospital Municipal, que é um veto absurdo. Mas a participação dos cidadãos na sessão de terça-feira com certeza vai ajudar para que isso aconteça", afirma o dirigente.


Parecer favorável

A Comissão de Justiça da Câmara emitiu, no último dia 13, parecer favorável à derrubada do veto de Pannunzio ao Hospital. A Comissão é composta pelos vereadores Marinho Marte (PPS), presidente; Anselmo Neto (PP), relator do parecer que recomenda a derrubada veto; e Cláudio do Sorocaba I (PR).


Como acompanhar a sessão

A sessão ordinária da Câmara Municipal, no Alto da Boa Vista, começa às 9h. O plenário acomoda 120 pessoas sentadas. Também é possível assistir à sessão pelas TVs no saguão da Câmara. A TV Legislativa transmite as sessões pelo canal 6 da Net e também pelo site da Câmara Municipal. 

Deixe seu Recado