SMetal

Imprensa

Encontro Nacional

Baque Mulher: nos batuques da cultura ancestral afro-brasileira

O encontro do Maracatu Baque Mulher em Sorocaba conta com quatro dias de apresentações, trocas de experiências e rodas de conversas com as participantes.

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018 - 11:17 - Atualizado em 14/11/2018 11:29
Imprensa SMetal

baque, mulher, encontro, nacional, Divulgação
Programação do 3º Encontro Nacional do Baque MulherDivulgação
A assistente social Camila Jurado é uma das integrantes do Maracatu Baque Mulher de Sorocaba e que participará do 3º Encontro Nacional do movimento, que ocorre de 29 de novembro a 2 de dezembro, em Sorocaba.

O encontro é para comemorar o 10° aniversário do Maracatu Baque Mulher e para fortalecer o diálogo e as práticas sobre o combate às opressões, principalmente as relacionadas às mulheres.

A programação conta com atividades no Sesc e também na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) – que também será o alojamento das batuqueiras.

O encontro propõe homenagear as figuras femininas da ancestralidade das integrantes do movimento e que contribuíram direta e indiretamente nessa década de atividades e representatividade do Baque Mulher.

Camila conheceu o Baque em agosto de 2016 e já passou a tocar instrumento. “Toco alfaia, arrisco o gonguê e estou aprendendo a tocar timba. Antes não tocava nada”, conta.

Em Sorocaba, os ensaios ocorrem semanalmente e contam com aproximadamente 20 mulheres. Mas, como é um grupo aberto, as participações são dinâmicas.  Já a nível nacional, o movimento conta com cerca de 500 mulheres de diversas regiões do país.

Entre batuqueiras e representantes das tradições afro brasileiras, cultura popular, artistas locais e convidadas, o encontro em Sorocaba conta com quatro dias de apresentações, trocas de experiências e rodas de conversas com as participantes.

 

Deixe seu Recado