SMetal

Imprensa

Sorocaba

Banco de Alimentos divulga nota em repúdio ao golpe

Terça-feira, 15 de Dezembro de 2015 - 15:39 - Atualizado em 27/12/2016 14:25
Imprensa SMetal

,
Tiago Almeida do Nascimento é presidente do Banco de Alimentos de Sorocaba e vice-presidente do SMetal
No último sábado, dia 12 de dezembro, o Banco de Alimentos de Sorocaba divulgou nota em repúdio à tentativa de golpe contra a presidente Dilma Rousseff (PT).

O documentos é assinado pelo presidente da entidade e vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Tiago Almeida do Nascimento.

"A instabilidade social, gerada pela crise econômica internacional agrava ainda mais, decorrente a crise política instaurada obtusamente em nosso país", afirma a nota. "Sabemos que as consequências dessas crises são nefastas para toda sociedade brasileira, sobretudo aos mais pobres onde o desemprego e a falta de perspectivas inserem-se no cotidiano de milhares de famílias", completa.

Leia abaixo a íntegra da nota do Banco de Alimentos de Sorocaba

"O Banco de Alimentos de Sorocaba, entidade sem fins lucrativos que assessora mais de 150 instituições beneficentes e que direta e indiretamente colabora com a segurança alimentar de aproximadamente 20 mil pessoas, vem a público manifestar seu total repúdio à tentativa de golpe contra a presidenta Dilma. A democracia, algo tão caro para a nação brasileira, não pode ficar à mercê de chantagens de corruptos e muito menos ser golpeada pelos que não souberam perder nas urnas e continuam a buscar um terceiro turno.

A instabilidade social, gerada pela crise econômica internacional agrava ainda mais, decorrente a crise política instaurada obtusamente em nosso país. Sabemos que as consequências dessas crises são nefastas para toda sociedade brasileira, sobretudo aos mais pobres onde o desemprego e a falta de perspectivas inserem-se no cotidiano de milhares de famílias.

Conclamamos seriedade, responsabilidade e comprometimento tanto da Câmara Federal, quanto do Senado. Somos a favor de toda e qualquer investigação que puna os corruptos e corruptores, mas que não pare a economia, punindo os trabalhadores com desemprego e instabilidade.

Lutaremos pela democracia, não apoiamos o golpe e defenderemos o mandato conferido de forma legitima nas urnas, expressando a vontade da maioria dos brasileiros.

Vamos à luta!

Tiago Almeida do Nascimento -presidente do Banco de Alimentos de Sorocaba"

Deixe seu Recado