SMetal

Imprensa

#foratemer

Avenida Paulista terá ato contra Temer e o ataque aos direitos

O Comitê de Resistência Democrática de Sorocaba e região vai disponibilizar ônibus rumo à mobilização desta sexta-feira, dia 10. Concentração ocorre em frente ao SMetal, às 14h

Quarta-feira, 08 de Junho de 2016 - 11:54 - Atualizado em 27/12/2016 14:49
Imprensa SMetal

,
A manifestação acontece nesta sexta, dia 10, às 17h na Avenida Paulista (vão livre do Masp)
As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, de São Paulo, realizam nesta sexta-feira, dia 10, a partir das 17h, um ato unificado contra o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) e os ataques aos direitos da população que vem sendo realizados pós-golpe. A mobilização acontece na Avenida Paulista, em frente ao Masp.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é uma das presenças confirmadas, ao lado de lideranças dos movimentos sociais, sindicais e estudantis.

"Não reconhecemos o governo golpista. A rua já é o nosso lugar de resistência, as ocupações são os comitês de resistência e a luta o nosso lema. Não temos nada a Temer", afirmam os organizadores em nota. Outros atos serão realizados em todo o país.

O Comitê de Resistência Democrática de Sorocaba e região, que reúne estudantes, militantes de movimentos sociais e trabalhadores de diversas categorias, está disponibilizando transporte para quem estiver interessado em participar do ato. A concentração acontece a partir das 14h, em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal).


Metalúrgicos

Além de serem contra o governo golpista de Temer e o retrocesso dos direitos sociais e trabalhistas, os metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (CUT) vão às ruas nesta sexta-feira com uma pauta específica de reivindicações.

São elas: defesa do emprego; renovação da frota de veículos; redução da taxa de juros; contra a terceirização; mudança na tabela do imposto de renda; defesa da previdência social e redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução de salário.

Deixe seu Recado