SMetal

Imprensa

Fabricante de faróis

Autopeça Nal inicia produção de faróis na planta de Sorocaba

De acordo com o setor de Recursos Humanos da empresa, a primeira fase das contratações já foi encerrada e, atualmente, a fábrica conta com 202 trabalhadores em Sorocaba, entre administrativo, montagem e parts (injetores, moldes, entre outros)

Segunda-feira, 07 de Maio de 2018 - 09:04 - Atualizado em 07/05/2018 09:26
Imprensa SMetal

Nal, turno,, Foguinho/Imprensa SMetal
A proposta de criação dos turnos foi aprovada pelos trabalhadores da fábrica em assembleia na última sexta-feira, dia 4Foguinho/Imprensa SMetal
A autopeça Nal do Brasil deu início na última quarta-feira, dia 2, à produção de faróis automotivos na planta de Sorocaba e, a partir de 21 de maio, os setores de montagem e parts (injetores, moldes, entre outros) passam a funcionar em dois turnos – manhã e tarde.

A proposta com os horários dos turnos e jornada de trabalho de 40 horas semanais foi aprovada pelos trabalhadores da fábrica em assembleia na última sexta-feira, dia 4.

“Os horários dos turnos foram pensados para garantir a jornada de 40 horas semanais sem a necessidade do funcionário trabalhar aos sábados, podendo utilizar o dia para momentos de lazer ou qualificação”, explicou Farani.

Os trabalhadores aprovaram a criação também do terceiro turno, para suprir as demandas das montadoras, especialmente da Toyota. Porém, de acordo com o dirigente sindical João Moraes Farani, não há data prevista para a implantação.

A divisão dos trabalhadores da produção por turno turnos é de prerrogativa da empresa e deve ocorrer nas próximas semanas. Os funcionários do setor administrativo trabalharão em um único turno.

 

Contratações

De acordo com a analista de Recursos Humanos da empresa, Ellen Amparo, a primeira fase das contratações já foi encerrada e, atualmente, a fábrica conta com 202 trabalhadores em Sorocaba, entre administrativo, montagem e parts.

O número atual de funcionários, inclusive, superou a expectativa divulgada inicialmente pela Nal, de 150 trabalhadores até o mês de maio, quando iniciaria a produção das peças.

 

Novas negociações

Durante a assembleia com os trabalhadores, o presidente do SMetal, Leandro Soares, lembrou ainda que, com o início da produção e crescimento da planta da Nal em Sorocaba, o SMetal inicia uma nova fase de reivindicações com a empresa.

“Com a criação dos turnos e a produção a todo vapor, começamos a debater outras pautas com a empresa, como a implementação de um transporte fretado, para facilitar o trajeto do trabalhador, acordo de PPR, vale-compras, melhorias na refeição, entre outras demandas”, disse.

E concluiu: “Com o apoio dos trabalhadores, gradativamente, vamos buscar melhorias que já temos em grande parte das empresas representadas pelo SMetal e que são de direito da categoria”.

A metalúrgica Nal (North American Lighting) do Brasil, pertence ao grupo japonês Koito, líder do mercado mundial de faróis automotivos, e fica no Jardim Ibiti do Paço.

Deixe seu Recado