SMetal

Imprensa

PPR 2010

Assembléia define critérios de PPR

Quarta-feira, 17 de Março de 2010 - Atualizado em 27/12/2016 11:52
Folha Metalúrgica

,
Ademilson Terto e Valdeci Henrique falam em assembléia sobre os critérios do PPR deste ano

Em assembléia realizada na última sexta-feira, 12, na sede do Sindicato, em Sorocaba, os trabalhadores definiram uma série de critérios que vão nortear as negociações de PPR ao longo deste ano.

Entre os pontos mais importantes aprovados pela categoria estão a garantia do benefício para os trabalhadores temporários e estagiários; valor igual para todos; garantia de emprego para os integrantes da comissão de PPRs enquanto durar o acordo; cobrança de taxa negocial de 4%, desde que não ultrapasse o teto de R$ 100,00; garantia de PPR proporcional aos demitidos e admitidos; a não-contagem das faltas por motivos de saúde e a aprovação de todos os acordos em assembléia com os trabalhadores na porta de cada fábrica, entre outros.

"Esses critérios vão ajudar a diretoria do Sindicato e a comissão de PPR no balizamento das negociações com as fábricas. São pontos a serem negociados, sendo que alguns deles não vamos abrir mão", diz o diretor sindical Adilson Faustino, o Carpinha.

Deixe seu Recado