SMetal

Imprensa

Mobilização

Após greve, metalúrgicos da Scherdel conquistam 40% de aumento no PPR

Sexta-feira, 20 de Julho de 2018 - 12:00 - Atualizado em 20/07/2018 12:16
Imprensa SMetal

greve, scherdel, ppr,, Divulgação
A greve por melhorias no PPR foi deflagrada na manhã de terça-feira, 17, pelos trabalhadores do primeiro turno da ScherdelDivulgação
Após greve deflagrada no primeiro turno da Scherdel, em Sorocaba, na última terça-feira, dia 17, a empresa apresentou nova proposta e os metalúrgicos aprovaram 40% de crescimento no valor do Programa de Participação nos Resultados (PPR) em relação ao de 2017.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), Valdeci da Silva, conhecido como Verdinho, há três anos a empresa afirma em mesa que não havia margem para crescimento do benefício.

“Cansados, neste ano os trabalhadores decidiram deflagrar greve para pressionar a empresa a apresentar melhorias na proposta, que teve adesão de 100% dos metalúrgicos”, afirmou. “Logo após pararem a produção do primeiro turno, representantes da Scherdel chamaram o Sindicato e o CSE para negociar e chegamos ao aumento de 40% no valor do PPR”, disse.

A nova proposta foi colocada em votação na terça-feira, 17, no horário de entrada do segundo turno, e foi aprovada por unanimidade. “A união dos trabalhadores foi o que garantiu essa conquista. Sem a participação e disposição para a luta deles, continuaríamos sem crescimento no Programa”, comemorou o membro do Comitê Sindical da Scherdel, Marcelo Rodrigues.

A primeira parcela será paga ainda no mês de julho e a segunda em janeiro de 2019. Representantes do Sindicato e da empresa estão também negociando uma proposta de PPR para o ano que vem. “Até agora não conseguimos chegar em um valor de consenso, por isso as negociações continuam”, explicou Verdinho.

A Scherdel fica na Zona Industrial, fabrica peças e acessórios para veículos e tem aproximadamente 150 trabalhadores.

 

Deixe seu Recado