SMetal

Imprensa

Emprego e renda

Acordo de redução de jornada na Sanoh é aprovado com 94,74% dos votos

Medida terá vigência por mais 30 dias e foi aprovada em assembleia eletrônica; os trabalhadores que fazem parte do acordo terão direito ao salário líquido ou próximo desse valor, além dos benefícios

Sexta-feira, 21 de Agosto de 2020 - 17:16
Imprensa SMetal

sanoh, sistemista, sorocaba, assembleia, , Foguinho/Arquivo Imprensa SMetal
A Sanoh do Brasil fabrica tubulação para condução de fluídos automotivos para veículos da Toyota e fica na nova zona industrial de SorocabaFoguinho/Arquivo Imprensa SMetal
O novo acordo de redução de jornada dos trabalhadores da Sanoh do Brasil foi aprovado em assembleia eletrônica, realizada entre os dias 20 e 21 de agosto, com 94,74% dos votos favoráveis. Durante a vigência da medida, que será de 30 dias, os funcionários abrangidos pelo acordo terão direito ao salário líquido ou próximo desse valor e benefícios.

A proposta foi negociada pela diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) e garante melhores condições do que as previstas na Lei 14.020/2020 (antiga MP 936) e no Decreto 10.422/2020, que ampliou o prazo para a redução e a suspensão dos contratos.

Silvio Ferreira, secretário-geral do SMetal e representante da entidade nas negociações com ao Sanoh, lembro que no novo acordo ficou determinado ainda que, se o governo não pagar o Benefício Emergencial de Proteção ao Emprego e Renda (Beper), a empresa fica responsável pela remuneração integral aprovada pelos trabalhadores.

“O decreto ampliou os prazos para essas medidas, mas deixa em dúvida se o governo terá orçamento para pagar a sua parte ou não. Mas não podemos arriscar e deixar que o trabalhador seja prejudicado, por isso a importância de o Sindicato negociar mais essa garantia”, afirma.

Dos 22 trabalhadores que fazem parte do acordo e tinham direito a voto, 19 (86,36%) participaram da assembleia. 18 (94,74%) deles votaram a favor e apenas 1 (5,26%) preferiu se abster da decisão.

PPR e estabilidade até dezembro

Outra conquista recente dos trabalhadores da Sanoh do Brasil foi a garantia do Programa de Participação nos Resultados (PPR) para 2020 e estabilidade no emprego até dezembro deste ano para todos os funcionários.

Aprovado por 97,37% dos votos, o acordo também foi negociado pelo SMetal como medida de proteção ao emprego, renda e saúde no enfrentamento da crise causada pela pandemia da Covid-19.

A Sanoh do Brasil fabrica tubulação para condução de fluídos automotivos para veículos da Toyota e fica na nova zona industrial de Sorocaba.

Deixe seu Recado